Tratativas

São Paulo e Rojas chegam a acordo por renovação; veja detalhes do contrato

Como o contrato do atacante é válido até o dia 4 de julho, a tendência é que a negociação avance nos próximos dias.

João Rojas está próximo de assinar sua renovação contratual junto ao São Paulo. As tratativas caminham para um desfecho positivo e o novo vínculo do equatoriano deverá ser válido até fevereiro de 2021, mês que corresponde à previsão do término do Campeonato Brasileiro.

A informação foi inicialmente publicada pelo Globoesporte e confirmada pela Gazeta Esportiva. Ainda há a necessidade de acertar os valores que serão inseridos no contrato, porém o Tricolor e o staff do jogador estão otimistas. Como o contrato do atacante é válido até o dia 4 de julho, a tendência é que a negociação avance nos próximos dias.

Nas conversas entre as duas partes, foi acertada também uma cláusula de renovação automática até o final de 2021. Para que o vínculo seja novamente estendido, Rojas precisa entrar em campo em 40% das partidas disputadas pelo São Paulo até fevereiro do ano que vem.

A Gazeta Esportiva havia noticiado na última sexta-feira que o Tricolor negociava a renovação do contrato do jogador. A comissão técnica capitaneada por Fernando Diniz acredita que o equatoriano merece uma nova chance no clube, já que sequer foi utilizado pelo atual treinador do time do Morumbi.

Recuperando-se de uma lesão no joelho, Rojas realizou trabalhos individualizados no CT da Barra Funda durante a pandemia. Agora, com o retorno do elenco ao local, o jogador tem se dirigido clube no período da tarde, em um horário diferente do restante dos atletas, para que não haja contato e evitando o contágio da doença causada pelo coronavírus.

O primeiro problema médico de Rojas aconteceu em outubro de 2018, quando sofreu uma ruptura dos ligamentos do tendão patelar do joelho direito. Após longo período de recuperação, o equatoriano já corria no gramado quando sofreu uma nova lesão no joelho direito, dessa vez em agosto do ano passado.

Rojas foi contratado pelo Tricolor em junho de 2018 e, rapidamente, tornou-se peça importante pela direita do ataque da equipe então comandada por Diego Aguirre. As lesões impediram que o jogador tivesse uma sequência e, até o momento, o equatoriano disputou 20 partidas, com um gol marcado.

 

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques