Cofres Cheios

Com Bambu no Nice, Athletico ultrapassa os R$ 300 milhões com as vendas de seis campeões

Athletico vende o zagueiro Robson Bambu para o Nice, da França, por oito milhões de euros (R$ 47 milhões); negociações de seis jogadores de 2018 e 2019 movimentam R$ 304 milhões

Com a confirmação da venda de Robson Bambu para o Nice, o Athletico ultrapassa os R$ 300 milhões com as vendas de seis destaques da geração 2018/19. As negociações de Pablo, Renan Lodi, Bruno Guimarães, Léo Pereira, Rony e, agora, Bambu somam R$ 304,5 milhões.

O Athletico, claro, não fica com todos esses R$ 304,5 milhões. O clube precisa pagar taxas e comissões, cujos valores são mantidos em segredo. E a maioria das vendas é parcelada. De qualquer forma, a arrecadação do Furacão com essas negociações têm sido milionárias.

A venda de Bruno Guimarães para o Lyon, inclusive, bateu o recorde histórico do clube e entrou para o top-15 de vendas do futebol brasileiro. A transferência rendeu 20 milhões de euros (R$ 92 milhões). E o Furacão ainda ficou com 20% em uma futura negociação do volante.

Antes, o Athletico já tinha vendido Renan Lodi para o Atlético de Madrid também por 20 milhões de euros (R$ 87,5 milhões na época). Nessa negociação, o clube não ficou com uma porcentagem, mas o valor pode aumentar se o lateral alcançar algumas metas no clube espanhol.

Além deles, o Athletico vendeu o atacante Pablo para o São Paulo por 6 milhões de euros (R$ 26,6 milhões na época), o zagueiro Léo Pereira para o Flamengo por 5 milhões de euros (R$ 23 milhões) e o atacante Rony para o Palmeiras por 6 milhões de euros (R$ 28,4 milhões).

O valor em real, dentro dos parênteses, leva em consideração a cotação do euro na época da venda.

 

Essas seis negociações movimentaram, ao todo, 65 milhões de euros (R$ 304,5 milhões). Além do lucro fora de campo, esses jogadores tiveram participações decisivas na conquista de títulos entre 2018 e 2019.

Bambu, por exemplo, brilhou na reta final da Copa do Brasil de 2019, anulou o gremista André na semifinal e o colorado Guerrero na final e ajudou o Furacão a sagrar-se campeão em pleno Beira-Rio.

Para o lugar de Bambu, o Athletico contratado ainda em março o zagueiro Felipe Aguilar, ex-Atlético Nacional e Santos, por R$ 10 milhões. Para a posição, o técnico Dorival Junior conta ainda com nomes como Thiago Heleno, Lucas Haltar, Luan Patrick e Pedrão.

Durante a paralisação do futebol, o clube também fechou com o atacante Walter, ex-CSA. Além deles, a diretoria negocia com os meias Jaime Alvarado e Zé Aldo. Na sequência da temporada, o Furacão disputará estadual, Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil.

Principais vendas de 2018 para cá

  • Pablo no São Paulo: 6 milhões de euros (R$ 26,6 milhões)
  • Lodi no Atllético de Madrid: 20 milhões de euros (R$ 87,5 milhões)
  • Bruno Guimarães no Lyon: 20 milhões de euros (R$ 92 milhões)
  • Léo Pereira no Flamengo: 5 milhões de euros (R$ 23 milhões)
  • Rony no Palmeiras: 6 milhões de euros (R$ 28,4 milhões)
  • Bambu no Nice: 8 milhões de euros (R$ 47 milhões)

Total com as seis vendas: 65 milhões de euros (R$ 304,5 milhões)

Com o Globo Esporte. 

 

Repórter PB

Destaques