Música e Literatura

Gustavo Scarpa fala sobre hábitos culturais na quarentena

Outro hábito que ele cultivou durante o período de isolamento social foi o da leitura.

O meia Gustavo Scarpa, do Palmeiras, revelou como tem passado parte do período de quarentena. Em entrevista ao programa “Boleiragem Chinelinho”, do SporTV, o jogador afirmou que tem dedicado parte do dia à música e à literatura.

“Eu estou me aventurando no baixo. Toco as vezes, estou praticando um pouco mais, mas não todo dia. É mais tranquilo que o violão para tocar o básico, porque são menos cordas. É mais marcar os tempos na música”, disse Scarpa, fã declarado de rock and roll.

Outro hábito que ele cultivou durante o período de isolamento social foi o da leitura. “No começo da quarentena eu li demais, vários e vários livros, mas chegou uma hora que não aguentei mais”, afirmou.

Quanto aos gêneros, disse que gosta de variar. “Eu misturo entre livro cristão e alguns clássicos da literatura. Biografia eu li a do Steve Jobs, um dos melhores livros que eu já li”, completou Scarpa.

 

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques