Quase lá

Yaya Touré deseja salário maior por questão de impostos, e Botafogo redige novo pré-contrato

Marfinense pede aumento nos vencimentos por causa da Receita Federal e Alvinegro aceita; negociação não tem data e nem horário para ser concretizada

A tarde e noite foram de negociações entre Yaya Touré e Botafogo. Representado por Carlos Augusto Montenegro, o Alvinegro apresentou uma proposta de cerca de R$ 200 mil bruto. Porém, o meio-campista não aceitou por conta das questões tributárias envolvidas, já que a receita brasileira retém 27,5% de imposto. Com isso, o Glorioso recuou e apresentará um novo pré-contrato ao jogador, que aceitou a contraproposta alvinegra.

Porém, ainda não há uma definição de quando haverá uma última resposta pela negociação. O clube ainda precisa redigir o novo acordo, apresentá-lo ao jogador e ele precisa assinar para considerar tudo certo.

A reunião entre Yaya Touré e Montenegro começou às 15h (de Brasília). As questões financeiras foram um dos imbróglios que fizeram com que o Botafogo demorasse a poder contar com o marfinense como atleta alvinegro.

A diretoria do Glorioso conta com reforços ilustres na negociação com o marfinense Yaya Touré. O youtuber Felipe Neto e o humorista Marcelo Adnet estão entre os nomes dispostos a ajudar o clube a fechar a contratação. A conversa entre Touré e a diretoria alvinegra avançou nos últimos dias, e existe a expectativa de um desfecho ainda nesta semana.

Globo Esporte. 

Repórter PB

Destaques