Decisão

Cueva ganha registro provisório no Pachuca, mas disputa com Santos irá continuar

A Fifa autorizou o registro provisório do atleta para iniciar a trajetória com a camisa do Pachuca, do México.

O Santos amargou uma decisão desfavorável em relação a Cueva nesta sexta-feira, mas a disputa entre as duas partes promete ainda muitos capítulos. A Fifa autorizou o registro provisório do atleta para iniciar a trajetória com a camisa do Pachuca, do México.

Em contrapartida, a entidade máxima do futebol também abriu a possibilidade para o clube paulista pleitear indenização sobre a transferência. Afinal, Cueva ainda tinha contrato com o Santos, que pagou 7 milhões de dólares (hoje referente a R$ 30,2 milhões) para tirá-lo do Krasnodar, da Rússia.

Cueva deixou a Vila Belmiro alegando atrasos em seus vencimentos. Desde a semana passada, o peruano intensificou as negociações com o Pachuca e passou a treinar com o elenco do time mexicano.

O atleta acompanhou, inclusive, um jogo do Pachuca contra o Cruz Azul junto de seu amigo, o também peruano Yoshimar Yotún.

 

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques