Futebol

Coelho volta para base cheio de moral com a diretoria do Corinthians

Com a derrota para o Fluminense, o Corinthians encerrou o Campeonato Brasileiro na oitava colocação do Campeonato Brasileiro ao somar 56 pontos.

Com a saída de Fábio Carille, Dyego Coelho assumiu interinamente o comando técnico do Corinthians e recebeu a missão de mudar uma ideia de jogo imposta no clube há pelo menos uma década, focando em montar uma equipe mais ofensiva e de futebol propositivo.

Após encerrar momentaneamente sua trajetória no profissional com três vitórias, dois empates e três derrotas e mudar a cara do Timão, o treinador volta para o time sub-20, onde é será o treinador na Copa São Paulo de Futebol Júnior, com muito prestígio na diretoria do Corinthians, inclusive com Duílio Monteiro Alves.

“Sem dúvida nenhuma (sai com mais moral que chegou). Coelho fez um grande trabalho, a gente está muito contente, os jogadores gostaram, tenho certeza que ele vai ser um grande treinador, já mostrou a capacidade que tem, melhorou bastante a forma de jogar. Os resultados não foram tão bons, mas classificou o time. Só temos de agradecer a ele, ao Mauro (da Silva, auxiliar técnico), ao Anselmo (Sbragia, preparador físico), a todos que pegaram esse pepino. Se saiu muito bem, estou muito contente com ele”, disse o diretor de futebol.

Buscando se tornar o primeiro na linha de sucessão de treinadores do Corinthians, Dyego Coelho não deixou Tiago Nunes, que assume a equipe no ano que vem, interferir em seu trabalho, conforme lembrou o presidente Andrés Sanchez, mais um a elogiar o interino.

“Pouca gente acredita, mas o Tiago Nunes não participou de nada ainda, a não ser os nomes para o ano que vem. Ele podia vir aqui e dar opinião, mas imagino que não quis, e o Coelho fez aquilo que achou que era o melhor. Não é fácil pegar o rabo de foguete que ele pegou, temos que agradecer a ele, mas vai voltar ao Sub-20. Quando for vontade do Tiago, de conversar sobre um ou outro jogador, o Coelho vai atender, porque é funcionário do Corinthians”, analisou o cartola.

Com a derrota para o Fluminense, o Corinthians encerrou o Campeonato Brasileiro na oitava colocação do Campeonato Brasileiro ao somar 56 pontos e disputará a fase preliminar da Copa Libertadores de 2020.

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques