Tensão Total

Celso critica falta de autonomia, insinua ter sido traído por Mário e diz que bastidores são "horríveis"

Em resposta a torcedores, vice-geral do Fluminense expôs ainda mais suas divergências com mandatário, chama para si contratação de Muriel e se exime sobre Oswaldo de Oliveira

O público racha entre Celso Barros e Mário Bittencourt ganhou novo capítulo nesta quarta-feira. Durante a madrugada, o vice-presidente geral do Fluminense respondeu a diversos comentários de torcedores em um post seu, onde rebatia ter sido excluído das duas próximas viagens da delegação, e expôs ainda mais suas divergências com o presidente do Tricolor.

Nas respostas, Celso acusa Mário de não ter lhe dado autonomia prometida no futebol, insinua ter sido traído pelo mandatário e diz que os bastidores no clube são "horríveis". Em uma das respostas, o dirigente chama para si a contratação do goleiro Muriel e se exime de responsabilidade na contratação do ex-técnico Oswaldo de Oliveira.

O GloboEsporte.com enviou mensagem à assessoria do Fluminense perguntando se Mário Bittencourt gostaria de se posicionar a respeito dos comentários de Celso Barros, mas até o momento não obteve retorno.

Globo Esporte.

Repórter PB

Destaques