Treinador

Sampaoli defende Soteldo após crítica de Gustavo Henrique contra “firula” no Santos

O Santos segue na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, agora com 51 pontos, e voltará a campo para enfrentar o Atlético-MG no domingo.

O técnico Jorge Sampaoli e o capitão Gustavo Henrique discordaram sobre os dribles de Soteldo nos minutos finais da vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Ceará nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Soteldo driblou no fim e acabou intimidado por Samuel Xavier, que recebeu cartão amarelo e gerou uma pequena confusão no gramado.

“Eles enrolaram o jogo inteiro. Tomei cartão por cobrar isso, mas não aceito e não concordo com firula. Tem que ser drible para frente, tem que respeitar adversário que estava perdendo e numa situação difícil. Achei desrespeito e falei que ele poderia ter soltado a bola antes para não gerar essa confusão”, disse Gustavo, ao Esporte Interativo.

“Sobre Soteldo, ele dribla sempre. Perdendo, empatando, no final… Nós nunca fazemos tempo. É um mérito, jogador não cai, a gente joga bola. Soteldo dribla sempre. Ele não faz isso para demorar. A raiva é estranha para quem se irrita, não para Soteldo”, avaliou Sampaoli.

O Santos segue na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, agora com 51 pontos, e voltará a campo para enfrentar o Atlético-MG no domingo, em Belo Horizonte.

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques