Amistoso

Alemanha abre vantagem, mas Argentina busca empate no fim em amistoso em Dortmund

Gnabry ratifica ótima fase com gol e assistência no primeiro tempo, mas Alario entra e comanda reação dos hermanos em reedição da final da Copa de 2014 - relembrada pelos alemães em mosaico

A noite em Dortmund caminhava tranquila para a Alemanha, mortal nos contra-ataques com Gnabry e dona de uma vantagem importante com 22 minutos de jogo.

Mas a Argentina reagiu no segundo tempo no embalo de Alario e buscou o empate por 2 a 2 em amistoso disputado nesta quarta-feira, abrindo a semana de Data Fifa.

UM TEMPO PRA CADA

O placar, neste caso, não mente: a Alemanha foi melhor no primeiro tempo e chegou aos dois gols em contra-ataques mortais, pressionando a defesa argentina ao erro na saída de bola. Aos 16, Klostermann deu o passe por baixo, Gnabry dividiu e venceu Marchesín.

Na sequência, aos 21, foi Gnabry quem serviu para Havertz marcar o seu primeiro gol pela seleção.

ARGENTINA MEXE E REAGE

Na etapa final, o técnico Lionel Scaloni mexeu, adotou o sistema com três zagueiros e viu sua equipe melhorar com Alario e Ocampos.

O atacante do Bayer Leverkusen iniciou a reação com uma bonita cabeçada em cruzamento de Acuña, aos 21, enquanto o empate só saiu aos 40, depois de os argentinos flertarem com o gol: Alario carregou até a área e deixou para Ocampos, que bateu com desvio. Também foi o primeiro gol dele pela seleção.

Globo Esporte.

Repórter PB

Destaques