2 a 2

São Paulo empata com a Ferroviária e se classifica como 2º do Grupo 7

Com o resultado, o São Paulo terá pela frente na próxima fase o Rio Claro, líder do Grupo 8.

O São Paulo se classificou à próxima fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior na segunda colocação do Grupo 7. Nesta quarta-feira, o Tricolor enfrentou a Ferroviária na Arena Fonte Luminosa, dominou o jogo, carimbando a trave três vezes, mas acabou saindo de campo com o empate em 2 a 2 em Araraquara. Os gols são-paulinos foram marcados por Fabinho e Rodrigo Nestor. Felipe Estrella e Leandro Guerreiro balançaram as redes para a Locomotiva.

Com o resultado, o São Paulo terá pela frente na próxima fase o Rio Claro, líder do Grupo 8. Já a Ferroviária encara o Veloclube, que terminou na vice-liderança da mesma chave.

O jogo – O São Paulo foi pouco ameaçado pela Ferroviária no primeiro tempo. Desde os minutos iniciais o time comandado por Orlando Ribeiro manteve a posse de bola e se acostumou a chegar com perigo na área adversária. O gol, no entanto, só foi sair aos 28 minutos, quando Fabinho tabelou com Gabriel Novaes e, da entrada da área, pegou em cheio na bola, mandando no ângulo do goleiro adversário, que não teve qualquer chance de fazer a defesa.

Depois de abrir vantagem o Tricolor seguiu pressionando a Ferroviária e aos 32 minutos carimbou a trave com Fabinho. Primeiro Gabriel Novaes apareceu na área para finalizar de primeira o passe de Antony, mas Guilherme defendeu. No rebote, Fabinho completou para o gol, mas carimbou o travessão. Depois, aos 39, foi a vez de Antony parar no poste ao finalizar, ver a defesa fazer o desvio e a bola encobrir o goleiro.

A superioridade do São Paulo era tamanha, que o time se desconcentrou nos minutos finais do primeiro tempo e acabou punido por isso. Aos 40, Felipe Estrella recebeu em profundidade e tocou na saída do goleiro. A bola sobrou para Tuta, que, ao invés de afastar o perigo, tentou dar um chapéu no atacante da Ferroviária dentro da área. O lance não deu certo, e o adversário acabou empatando o jogo antes de as equipes irem para o intervalo.

No segundo tempo o São Paulo voltou determinado a não cometer os mesmos erros da etapa inicial e já aos dois minutos carimbou a trave pela terceira vez, desta vez de cabeça, com o zagueiro Tuta, autor da lambança que resultou no gol da Ferroviária. Já aos 18 minutos o Tricolor foi mais feliz e retomou a frente no placar com Rodrigo Nestor, que se livrou da marcação e bateu colocado, da entrada da área, mandando a bola no ângulo direito do goleiro Guilherme.

Nos minutos finais o São Paulo ainda tentou matar a partida, mas não conseguiu ter a mesma eficiência dos outros lances que resultaram em gols. A Ferroviária, por sua vez, buscou se jogar para o ataque em busca do empate e cumpriu a missão aos 43 minutos com Pedro Guerreiro, que recebeu o passe de cabeça de Lauro e completou de primeira para o gol. A bola ainda desviou no goleiro Thiago Couto, mas morreu no fundo das redes.

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques