Copa do mundo

'Puxadinho' vip? Ministro defende projeto e diz que assistirá jogo em setor polêmico

Obra de Ecaterimburgo quis evitar que local virasse um 'elefante branco' após Mundial. Parte de arquibancada provisória fica fora da estrutura do estádio. Primeiro jogo no local será Egito x Uruguai

Apelidado 'carinhosamente' de Orelhudo, o estádio de Ecaterimburgo ganhou fama por suas arquibancadas provisórias que têm gerado críticas sob o ponto de vista da estética. Com tudo pronto para o primeiro jogo no palco (Egito x Uruguai, na sexta-feira), o ministro regional de esportes, Leonid Rapoport, minimizou a questão e celebrou o resultado do projeto

- Os fãs do futebol em todo o mundo não se importam se a arquibancada é coberta ou não. O que eles realmente se importam é com a paixão que têm pelo esporte. (...) Os meus ingressos são aqui, em algum lugar dessa arquibancada - disse o ministro, em evento no local, nesta quarta.

Com as arquibancadas atrás dos gols, a capacidade do estádio vai para 35 mil pessoas. Delas, 12 mil estarão nos assentos provisórios. Se chover, quem estiver por ali, enfrentará problemas.

A fileira mais alta está a 40 metros do chão. Apesar de íngreme e muito alta (quem tem problemas de vertigem deve, de fato, evitar), a visão não é ruim. Mesmo assim, consegue dar boas noções de profundidade do campo.

squisito sim. Mas elefante branco não
A arquibancada provisória pode ter tirado um pouco do charme do estádio, mas o projeto tem um motivo louvável: evitar que o palco vire um elefante branco após o fim da Copa do Mundo.

O local é a casa do Ural FC, time de Ecaterimburgo. Apesar de estar na primeira divisão, a equipe está longe de arrastar grandes públicos em seus jogos. Sem a estrutura provisória, o estádio está de acordo com as necessidades do cidade. É um iniciativa louvável em uma Copa onde as cifras bilionárias nos gastos não param de crescer.

- Nós fizemos um estudo sobre a experiência dos países que já sediaram o Mundial para evitar que o estádio se torne um elefante branco. Depois da Copa, as arquibancadas vão ser usadas em eventos municipais e em novos estádios que serão construídos pelas prefeituras da região - disse o ministro russo.

A estreia de Ecaterimburgo no Mundial será nesta sexta-feira, com Egito x Uruguai. O local receberá outras três partidas válidas pela fase de grupos. Com informações do Globo Esporte.


Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques