Alterações

Cuca altera posicionamentos de Liziero e Tchê Tchê e meio ganha nova cara

Com o objetivo de trazer mais presença no campo de ataque, o técnico alterou os posicionamentos de Liziero e Tchê Tchê.

Depois de perder para o Vasco e apresentar pouco repertório ofensivo, Cuca buscou modificar o meio-campo do São Paulo na partida contra o Grêmio, no último sábado. Com o objetivo de trazer mais presença no campo de ataque, o técnico alterou os posicionamentos de Liziero e Tchê Tchê.

Contra Ceará, Athletico Paranaense e Vasco, Tchê Tchê foi o primeiro volante do São Paulo, enquanto Liziero teve mais liberdade para chegar ao ataque pelo lado esquerdo. Apesar do time ter vencido duas dessas três partidas, Cuca entendeu que o meio-campo perdeu contundência com essa disposição.

Dessa forma, o técnico recuou Liziero para a posição de primeiro volante contra o Grêmio. O camisa 14 foi o principal responsável pela saída de bola do time, já que tem o passe como uma de suas principais características. Em diversas ocasiões, o jogador teve que fazer coberturas mais longas do que está acostumado quando joga mais à frente.

Enquanto isso, Tchê Tchê foi adiantado e jogou mais próximo do ataque, praticamente na mesma linha de Daniel Alves. O camisa 28 tem maior mobilidade que o Liziero, podendo se infiltrar e “pisar” na área com mais facilidade. Além disso, o jogador tem bom chute de média e longa distância. Contra o Grêmio, Tchê Tchê finalizou cinco vezes ao gol e levou perigo à meta de Júlio Cesar em duas ocasiões.

Para a partida contra o Internacional, no próximo sábado, às 19h, no Beira-Rio, Cuca terá problemas para montar o meio-campo. Daniel Alves estará com a Seleção Brasileira, assim como Igor Gomes, que participará dos treinamentos comandados por Tite. Ou seja, o técnico terá de quebrar a cabeça para escalar o setor com menos peças à disposição.

Com Gazeta Esportiva

Repórter PB

Destaques