Instituição

Deputado Wilson Santiago enaltece UFCG na Câmara dos Deputados por assumir liderança como maior inventora do país

O ranking foi elaborado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e aponta que a universidade desbancou empresas e universidades de orçamento bilionário.

O deputado federal Wilson Santiago protocolou, na Câmara dos Deputados, o requerimento de nº 2418/2021, que requer uma moção de aplauso e louvor em favor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por ter sido considerada a instituição brasileira que mais realizou pedidos de registros de patentes por invenções no país em 2020, passando a ser destaque como “a maior inventora do Brasil”.


O ranking foi elaborado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e aponta que a universidade desbancou empresas e universidades de orçamento bilionário.

Conforme o deputado federal Wilson Santiago, a UFCG é uma referência para todo o país. Ele citou que em 2020 foram depositadas 2.663 patentes, as quais 96 invenções foram produzidas pelos laboratórios e equipes da UFCG. “Para se ter uma ideia da importância da classificação nesse ranking, a instituição superou até a Petrobras que, mesmo com sua superioridade financeira, ficou na segunda posição”, afirmou Wilson Santiago.

O deputado fez questão de ressaltar que a UFCG orgulha todos os paraibanos. “Isso é motivo de muito orgulho para todos nós paraibanos, pois demonstra a capacidade da instituição em incentivar a inovação e a pesquisa científica, contribuindo para formar profissionais capacitados e impulsionando o desenvolvimento da Paraíba e de todo o Brasil”, destacou. Ele ainda parabenizou o reitor da UFCG, Antônio Fernandes; professores; funcionários e alunos da instituição.

Patamar de excelência

Para alcançar este patamar de excelência, a UFCG ocupou o topo do ranking nacional de inventores, tendo como inspiração inicial a Lei n 10.973, de 2 de dezembro de 2004, que dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. A Universidade Federal de Campina Grande lançou, em 2008, o seu Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia (NITT) visando impulsionar e gerenciar sua bem-sucedida política institucional de patentes.

Repórter PB

Destaques