Talentos

Teatro Severino Cabral comemora 55 anos com apresentação do espetáculo 2/4 Romeu e Julieta

O espetáculo em um ato e doze cenas, conta a história dos jovens Romeu e Julieta, impedidos de viver livremente seu amor por causa da briga entre suas famílias.

O Teatro Municipal Severino Cabral comemora nesta sexta-feira, dia 30 de novembro, 55 anos. O palco que já recebeu alguns dos melhores espetáculos, artistas e cantores do país, e também oportunizou a apresentação de jovens e anônimos talentos, abre as cortinas para celebrar seu aniversário com o belíssimo espetáculo 2/4 Romeu e Julieta.

A clássica tragédia de William Shakespeare (1564-1616), ganha vida no corpo dos bailarinos do Balé Cidade de Campina Grande, numa versão montada especialmente para as comemorações dos 55 anos do teatro, criada pelo coreógrafo paulista César Dias Cerqueira sobre a música de Max Richter.

O espetáculo em um ato e doze cenas, conta a história dos jovens Romeu e Julieta, impedidos de viver livremente seu amor por causa da briga entre suas famílias.

Uma trágica história de amor e ódio que se mantêm atemporal e encanta diferentes plateias no mundo todo.

A apresentação tem início às 20 horas. Antes do espetáculo, às 19h30, haverá a apresentação da Filarmônica Epitácio Pessoa, no hall do teatro, regida pelo maestro Cledilson Tadeu.

2/4 Romeu e Julieta será reapresentado no sábado, dia 1º, no mesmo horário, e no domingo, dia 02, às 17h.

A entrada para todos os eventos de aniversário do teatro é gratuita, a direção pede apenas o apoio do público para doação de 2kg de alimentos não perecíveis para serem doados a entidades que cuidam de pessoas carentes em Campina Grande.

“Estamos fazendo uma gestão no teatro de oportunidades. Criamos vários cursos e projetos voltados para as pessoas mais carentes que antes nunca tinham tido a oportunidade de dançar e representar. Nos realizamos com cada sorriso de um aluno, cada passo de um bailarino, cada gesto de um novo ator que surge, cada família que vem de perto aplaudir um novo talento. Tudo isso só é possível graças ao apoio incondicional do prefeito Romero Rodrigues, das secretarias de Cultura e Educação, dos que fazem a Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral e dos funcionários dessa linda Casa de Espetáculos”, disse Erasmo Rafael, diretor do teatro.

Repórter PB

Destaques