Atenção

Crescimento na indústria de alimentos, bebidas e álcool etílico gera novas oportunidades de emprego

Tal resultado mostra que mesmo em tempos de crise, a indústria continua gerando novas oportunidades.

O setor de Alimentos e Bebidas é o maior empregador dentro da história da indústria brasileira de transformação. Por isso, o crescimento desse segmento reflete na geração e na qualidade emprego. Dentre as 1.220 empresas do ramo alimentício na Paraíba, foram gerados 14.812 postos de trabalho em 2019. Tal resultado mostra que mesmo em tempos de crise, a indústria continua gerando novas oportunidades.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), a indústria de alimentos e bebidas é o maior segmento do Brasil. Ele é responsável por processar 58% de tudo o que é produzido no campo. Com mais de 35 mil empresas, gera 1,6 milhão de empregos diretos e representa 9,6% do PIB do País. Em relação ao comércio exterior, o Brasil se destaca como segundo maior exportador de alimentos industrializados do mundo (em volume).

Na produção da indústria alimentícia e de bebida, um item indispensável para auxiliar na fabricação dos produtos é o álcool etílico. Esse composto é utilizado nos mais diversos segmentos industriais. E possui muitas vantagens quando falamos de matéria-prima sustentável. Por esse motivo, as empresas têm tido a preocupação com a responsabilidade social, econômica e ambiental, dando atenção especial às novas tendências de consumo, investindo no desenvolvimento de embalagens inteligentes e mantendo parceria com as organizações de saúde para desenvolver produtos de acordo com as necessidades da saúde pública.

Coordenação de Comunicação

Repórter PB

Destaques