Você está aqui:
4 hábitos durante a gestação que impactam na saúde do bebê

Não é só o cigarro e o álcool que devem ser abandonados durante a gravidez

Certos hábitos precisam ser deixados de lado durante a gestação, para que os bebês não sofram as consequências na saúde, tanto durante a infância quanto na vida adulta. Cigarro e álcool são apenas alguns comportamentos que devem ser abandonados durante a gestação, contudo, alguns hábitos que parecem inofensivos podem fazer muito mal aos bebês - e outros são capazes de fazer verdadeiros milagres pela saúde dos pequenos.

O site It Mãe listou quatro hábitos que as mamães devem abandonar ou estimular, se quiserem que seus pequenos nasçam cheios de saúde. Confira!

1. Alimentação

A importância da alimentação equilibrada ganha ainda mais ênfase durante a gestação, uma vez que o bebê precisa de muitos nutrientes para conseguir se desenvolver com plenitude. A recomendação é seguir as orientações de uma nutricionista, para que ela indique quais as principais necessidades, do bebê e da mãe. Evite a ingestão de doces para não desenvolver diabetes gestacional.

2. Vacinas

Outra recomendação extremamente importante é manter o calendário de vacinas em dia, principalmente as doses contra Hepatite A, Hepatite B, DT, Influenza, DTPA e Antimeningocócica C. Evita ter que tomar as doses contra varicela, febre amarela e Tríplice Viral. Antes de tomar qualquer medicamento, consulto primeiro sua obstetra.

3. Carreira

Gravidez não é doença e as mulheres podem e devem continuar a trabalhar durante o período gestacional - salvo os casos em que os médicos impõem repouso. Contudo, é preciso moderação quanto a viagens, principalmente as longas, principalmente após a 37ª semana de gestação. Caso seja imprescindível viajar, faça pausas para esticar o corpo de tempos em tempos, evite salto alto e roupas apertadas.

4. Exercícios

O exercício físico é essencial para garantir um parto tranquilo e mais confiante. Alguns treinos conseguem estimular a flexibilidade e fortalecer o assoalho pélvico e o sistema cardiorespiratório. Invista em atividades como natação, hidroginástica, yoga, pilates e caminhadas.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.