Você está aqui:
Mil pastores, de diferentes denominações, se reúnem no Templo de Salomão

Objetivo da IURD é promover a união dos evangélicos e “eliminar preconceitos”

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) promoveu um encontro com cerca de mil pastores, de diferentes denominações evangélicas, no Templo de Salomão. As visitas, que aconteceram ao longo de todo o mês de outubro, foram organizadas pelo bispo Eduardo Bravo. Segundo a divulgação no site da IURD, todos “participaram do tour pelo Jardim Bíblico e tiveram a oportunidade de conhecer melhor o local”.

Bravo afirma que a iniciativa visa promover a união entre as igrejas, “Entendemos que cada uma cumpre o seu dever e tem a sua parte na missão de pregar o Evangelho a toda criatura pelo mundo. Todos fazemos parte de um corpo em que o cabeça é Cristo”.

Um dos objetivos declarados da Universal é “ajudar a eliminar preconceitos, já que muitos deles conheciam a Universal apenas por informações distorcidas e mentirosas que recebiam de terceiros”.

Welks Fernando de Oliveira Ferreira, 37 anos, ligado à Assembleia de Deus em Itapevi, região metropolitana de São Paulo, testemunha: “O que mais me chamou atenção foi a forma simples, objetiva e transparente com que o bispo passou a visão da Universal. Além disso, gostei muito do tour, achei fantástica a riqueza de detalhes e a beleza do Templo de Salomão.”

Por sua vez, Renan dos Santos Ferreira, de 25 anos, pastor na Igreja Cristo a Marca da Promessa afirmou que “A recepção e a explicação dos sacerdotes durante o tour me chamaram atenção. As palavras do bispo Eduardo, além de ajudar os líderes na sua gestão, fizeram com que o pensamento de alguns em relação à Universal mudasse. Assim, nos tornamos um só corpo. Gostei muito, e se tiver outra oportunidade, voltarei.”

Dentro da mesma iniciativa, a IURD promoverá no dia 23 de novembro, o “Congresso Renovação”, um culto especial para pastores e líderes evangélicos, na Catedral do Brás, ao lado do Templo de Salomão.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.