Você está aqui:
Obra de Basquiat é vendida por preço recorde

Tela sem título foi comprada por colecionador japonês por US$ 110,5 milhões

Uma tela do artista visual Jean-Michel Basquiat (1960 -1988) alcançou um valor recorde na noite desta quinta-feira (18), durante leilão da Sotheby`s. A obra, pintada em 1982, seis anos antes da morte do artista, por overdose, foi vendida por US$ 110,5 milhões.

O montante pago pelo colecionador japonês para arrematar a pintura é o dobro do valor de qualquer venda anterior do artista, que fez fama mundial com os grafites que pintou nas ruas de Nova York.

“Hoje à noite, Jean-Michel Basquiat entrou no panteão de artistas cujas obras comandaram preços acima de US$ 100 milhões”, declarou Gregoire Billault, da Sotheby`s de Nova York. A citada lista inclui nomes como Picasso, Giacometti, Bacon e Warhol. Na tela, Basquiat pintou uma face e um crânio mesclados.

O colecionador japonês Yusaku Maezawa, que é executivo de comércio eletrônico, planeja incluir a obra ao acervo do museu que mantém em Chiba, no Japão. Maezawa disse anda que pode emprestá-la a exposições em todo o mundo.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.