Números

Hospital Geral de Mamanguape realizou mais de 68 mil atendimentos em 2018

O diretor geral da unidade de saúde, Reginaldo Lota, explicou que o crescimento é algo esperado e aproveitou para ressaltar o perfil da unidade de saúde na assistência do Vale do Mamanguape

Mais de 68 mil pacientes - entre atendimentos clínicos, de traumatologia e de obstetrícia - foram assistidos em 2018 no Hospital Geral de Mamanguape. Em média, 5.200 atendimentos mensais só na urgência e 1.900 na ala pediátrica. Comparado com os dados do mesmo período do ano passado, quando foram registrados mais de 57 mil atendimentos, observa-se um aumento de 19% na assistência, segundo a Gerência e Supervisão Assistencial do complexo hospitala

O diretor geral da unidade de saúde, Reginaldo Lota, explicou que o crescimento é algo esperado e aproveitou para ressaltar o perfil da unidade de saúde na assistência do Vale do Mamanguape. “Somos referência em casos de urgência e emergência como também de maternidade para partos de baixo risco. Nesse tempo de serviço no Vale, aproveitamos para fazer um trabalho de conscientização com a população explicando o nosso tipo de atendimento e que quando respeitamos ele o fluxo e a assistência ficam mais otimizados e eficazes. Nesse tempo vemos esse entendimento sendo alcançado”, pontuou.

Já o gerente assistencial do complexo hospitalar, Fábio Ricardo, acrescentou que os trabalhos prestados na unidade têm como diretrizes a política de humanização. “Da urgência a emergência nossos colaboradores são orientados a prestarem aos assistidos um serviço humanizado com informações precisas sobre o atendimento. Outro ponto que destacamos são os projetos desenvolvidos, fora dos muros da instituição, a exemplo do “Minha Maternidade”, que promove orientações às gestantes no período que estão realizando o pré-natal, dando mais tranquilidade às mamães na hora do parto. A ação tem parceria com as Unidades Básicas de Saúde,UBS ”, explicou.

Para dar conta dessa demanda oriunda das 11 cidades cobertas pela unidade de saúde, o complexo hospitalar, inaugurado pelo Governo do Estado em 2 de julho de 2014, conta com uma estrutura de 6.000m², com 70 leitos em pleno funcionamento, cerca de 500 funcionários e oferece aos pacientes exames laboratoriais, eletrocardiograma e raio-X. Em quatro anos e meio de existência, mais de 280 mil atendimentos foram realizados.

Repórter PB

Destaques