Qualificação

Casa Militar do Governador promove Curso de Segurança de Autoridades

As aulas são ministradas no Centro de Educação da Polícia Militar, em João Pessoa.

A Casa Militar do Governador (CMG) está promovendo o 3º Curso de Segurança de Autoridades 2019, que conta com a participação de 30 alunos, entre os quais policiais da Amazônia e Mato Grosso do Sul , Agentes da Policia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Tribunal Regional do Trabalho e Corpo de Bombeiro Militar e Polícia Militar da Paraíba.

O curso tem como objetivo qualificar os agentes de segurança e padronizar as técnicas e procedimentos a serem empregados no planejamento e execução da atividade de proteção e segurança nas mais diversas áreas de atuação, proporcionando, dessa forma, o exercício do ciclo completo de Segurança de Autoridades.

A aula inaugural foi realizada segunda-feira (9), no Salão Nobre do Palácio da Redenção, e foi proferida pelo secretário da Segurança e Defesa Social, Jean Nunes, tendo como tema Inteligência Estratégica de Estado. Ele comentou sobre a importância desse conhecimento para o trabalho de segurança de autoridades. “O tema da palestra foi esse, exatamente pela importância que a temática de Inteligência tem, para que os profissionais se aprofundem, se capacitem e se reorganizem, e possam analisar cenários. O tempo todo, os alunos estarão envolvidos com essa produção de conhecimento, estudo de cenário atual, presente e futuro”.

O chefe da Casa Militar do Governador, tenente coronel Anderson Pessoa, por sua vez, falou sobre os ensinamentos do curso e a integração entre os órgãos de Segurança. “Ressaltamos não só a troca de conhecimento, mas também de experiências, e o fortalecimento das relações institucionais com os órgãos que estão presentes do curso. Essa é uma estratégia também: Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal, Tribunal Regional do Trabalho. Esses ensinamentos são dos mais modernos. Nós temos uma política estratégica de intercâmbio com outras Casas Militares, como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará, para em estar trazendo o que há de mais novo em política de proteção de autoridades”, explicou.

O 3º CSA tem 180 horas aula (totalizando três semanas de duração), divididas em 15 disciplinas como doutrina de segurança de autoridades; aparição em público; escoltas; segurança física de instalações; atentados e ações de contra emboscada; explosivos varreduras e inspeções; tiro tático de defesa; direção defensiva e evasiva; defesa pessoal; eventos com uso de aeronaves; salvamento aquático; combate a incêndio e técnicas de evacuação; primeiros socorros; cerimonial e etiqueta; atividades práticas; e atividades administrativas propostas pela coordenação. As aulas são ministradas no Centro de Educação da Polícia Militar, em João Pessoa.

Repórter PB

Destaques