prisão

Sousense acusado de assassinar Mulher grávida no Mutirão é preso em Franco da Rocha/SP

Desde então, ele se encontrava foragido, terminou preso, e deverá ser transferido para a Colônia Penal Agrícola de Sousa

Foi preso em Franco da Rocha, interior paulista, o sousense, Evangelista Oliveira da Silva, 36 anos, na tarde desta segunda-feira (15), mediante um mandado de prisão.

Ele é suspeito de ter matado em 2011 a Mulher de nome Luana Maria da Silva, no Conjunto Mutirão no Município de Sousa durante tentativa de homicídio contra o elemento Claudemir Sarmento, conhecido por “Mimi”. A Mulher morreu durante a troca de tiros.

Desde então, ele se encontrava foragido, terminou preso, e deverá ser transferido para a Colônia Penal Agrícola de Sousa.

O Caso

O crime aconteceu no dia 04 de maio de 2011 na Rua Rua Algustina Alvesno no Conjunto Mutirão, onde dois homens de capacetes preto em uma moto Honda 150, cor prata de placa não identificada chegaram ao referido conjunto e efetuaram vários disparos contra duas pessoas, Claudemir Sarmento, conhecido também como "Mimi", 23 anos e sua companheira Luana Maria da Silva, que estava grávida, ambos foram socorridos para o Hospital Regional de Sousa, onde a mulher não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, já o bebê foi salvo graça a uma ação rápida e bem sucedida dos médicos.

 

Repórter PB

Destaques