Estado

Poder Judiciário estadual e Aemp vão promover a palestra Dialogando sobre Depressão e Suicídio

O evento será realizado no próximo dia 22, às 17h, no auditório do Fórum Cível da Capital.

A falta de perspectiva, solidão, sentimento de rejeição e o estresse são alguns dos motivos que têm levado muitas pessoas de todas as idades ao quadro de depressão e ao suicídio. Estatísticas sobre o assunto são, cada vez mais, preocupantes. Atenta aos avanços desses números, a Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (Aemp), em parceria com o Tribunal de Justiça da Paraíba, por meio da Diretoria do Fórum Cível de João Pessoa, e o Centro Clínico Integrado Ágape, vai promover a palestra instrutiva Dialogando sobre Depressão e Suicídio. O evento será realizado no próximo dia 22, às 17h, no auditório do Fórum Cível da Capital.

Segundo o diretor do Fórum Cível, Carlos Antônio Sarmento, o Judiciário estará sempre aberto às ações que tratam de assuntos tão importantes para a sociedade. “Esse é um tema que preocupa a todos. Quero parabenizar a presidente da Aemp, Solange Franca, por tão relevante parceria”, disse o magistrado, que é juiz titular da 1ª Turma Recursal da Comarca da Capital.

A presidente da Aemp disse que a iniciativa da realização da palestra surgiu depois de algumas solicitações das associadas, em face do crescente índice de depressão e suicídio, inclusive dentro de repartições públicas. “A ideia é trazer esse diálogo para todos os que fazem parte do Poder Judiciário estadual. A palestra, também, é aberta à sociedade”, informou Solange Franca. Para participar do evento, basta levar um quilo de alimento não perecível.

Para a psicóloga e uma das palestrantes, Celine Alencar, o suicídio é um ato impulsivo que pode ser desencadeado por diversos fatores, entre eles a depressão, que é o que mais contribui. “Conhecer e dialogar sobre estes assuntos, pode ter um efeito preventivo na vida de muitas pessoas”, destacou.

De acordo com o Sistema de Informação sobre Mortalidade da Secretaria Estadual de Saúde (SIM/SES), na Paraíba, a cada 34 horas um caso de suicídio é registrado. Já um levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado no ano passado, revelou que os casos de depressão estão aumentando globalmente. Só em 2018, o índice cresceu 18,4% e as estimativas são de que, até 2020, essa será a patologia mais incapacitante de todo mundo.

Repórter PB

Destaques