Iniciativa

Mães reeducandas vão ganhar espaço para leitura de livros infantis nas visitas dos filhos

A iniciativa da direção da unidade prisional ganhou de imediato o apoio do secretário de Estado da Administração Penitenciária, tenente-coronel Sérgio Fonseca

As mães reeducandas ganharão espaço para leitura de livros infantis com seus filhos aos domingos, durante as visitas sociais. Esta oportunidade de convívio entre mães e filhos por meio dos livros acontecerá em breve na sala de leitura da Penitenciária de Reeducação Feminina “Maria Júlia Maranhão” no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

A iniciativa da direção da unidade prisional ganhou de imediato o apoio do secretário de Estado da Administração Penitenciária, tenente-coronel Sérgio Fonseca. De acordo com a diretora da Penitenciária de Reeducação Feminina “Maria Júlia Maranhão”, Cínthya Almeida, a idéia é que “as mães possam ler com eles e ler para eles, estreitar o contato, o laço, a aproximação de mãe e filhos. A maioria das reeducandas são mães e a ideia da Seap é tornar o clima mais ameno, proporcionando esse momento da leitura entre mãe e filho”.

As pessoas interessadas em doar livros infantis devem ir até à unidade prisional ou mesmo fazer a doação na própria Secretaria de Estado da Administração Penitenciária – Seap, localizada no Centro Administrativo Estadual, Jaguaribe, na Gerência de Ressocialização, que fica no quinto andar do bloco II.

Aulas de música – Em parceria com a Secretaria da Administração Penitenciária, o Tribunal de Justiça da Paraíba oferta aulas de música às reeducandas da Penitenciária Femina “Júlia Maranhão”. As aulas acontecem nas tardes da terças e quintas-feiras. Uma banda já foi organizada e as meninas se apresentam em alguns eventos da Seap na própria unidade.

Repórter PB

Destaques