Aprovados

Professores comemoram aprovação do ensino de Língua Espanhola na rede estadual da Paraíba

Presentes em grande número para acompanhar a votação do Projeto, os professores comemoraram sua aprovação

Na tarde desta terça-feira (19) foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa da Paraíba, funcionando temporariamente na Câmara Municipal de João Pessoa, o Projeto de Lei 1509/2017, de autoria do deputado Anísio Maia (PT), que dispõe sobre a oferta da disciplina de Língua Espanhola na grade curricular da rede estadual de ensino.

Presentes em grande número para acompanhar a votação do Projeto, os professores comemoraram sua aprovação. Jair Ibiapino, presidente da Associação Paraibana de Professores de Língua Espanhola, afirmou: “Hoje é um dia vitorioso não apenas para nós, professores de espanhol. Mas, ganhou o alunado da rede estadual que terá igualdade curricular com a rede privada, ganhou a educação pública e, por isso, ganhou toda a sociedade paraibana”

O deputado Anísio Maia, presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa e autor da propositura, destacou que de acordo com dados do INEP/MEC, mais de 70% dos candidatos da região Nordeste que se submetem ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), optam pela Língua Espanhola.

Anísio Maia ainda explicou os efeitos positivos da aprovação do PL 1509/2017: “A disciplina de Língua Espanhola passa a ser de matrícula facultativa, mas, de oferta obrigatória. É uma medida importante para fortalecer a educação pública e o sentimento de integração com os povos de nosso continente. A rede estadual já dispõe desta oferta, mas, agora será garantida por lei”.

A propositura segue agora para sanção do governador. “Temos três grandes universidades públicas formando professores de espanhol, UFPB, UFCG e UEPB. Temos uma vocação turística que estabelece relação com países de língua espanhola, a exemplo da Argentina, temos o Programa Giramundo, do governo do Estado, que viabiliza intercâmbio educacional. Enfim, a Paraíba só tem a ganhar com a consolidação do espanhol na nossa rede estadual de ensino”, concluiu Anísio Maia.

 

Repórter PB

Destaques