Programação

Teatro e exposição na pauta dos internos da Semiliberdade no Projeto Circuito Verão

A peça é uma adaptação de três obras de Ariano Suassuna (‘Rico Avarento’, ‘Tortura de um Coração’ e ‘Auto da Compadecida’), que contabiliza em seu currículo 22 prêmios em festivais nacionais.

Um dia cultural com pauta voltada para o teatro e visita à exposição fotográfica. Essa foi a programação voltada para 10 jovens e adolescentes que cumprem medida socioeducativa na Semiliberdade. A programação externa é parte da edição 2019 do Projeto “Circuito Verão Jovem”, iniciativa do Governo do Estado da Paraíba, por intermédio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, Secretaria de Estado da Educação e Fundação Desenvolvimento da Criança e Adolescente “Alice de Almeida” – Fundac.

 

Os jovens e adolescentes foram assistir no Parque Cultural Casa da Pólvora o espetáculo teatral “O Surto”, da Companhia Cara Dupla com direção de Romildo Rodrigues. A peça é uma adaptação de três obras de Ariano Suassuna (‘Rico Avarento’, ‘Tortura de um Coração’ e ‘Auto da Compadecida’), que contabiliza em seu currículo 22 prêmios em festivais nacionais. Na ocasião, eles prestigiaram a exposição fotográfica ‘Além do Futuro’.

A programação do Circuito Verão Jovem contempla, na tarde desta quarta-feira, as jovens e adolescentes do Centro Socioeducativo Rita Gadelha (unidade feminina), com a beleza e a performance do grupo de dança de Dan Oliveira intitulado ‘Tribal Fusion’, uma mistura de música tribal e musica contemporânea.

Este ano Nilton Santos, coordenador do Eixo Esporte, Cultura e Lazer da Fundac, agendou a participação dos jovens privados de liberdade para várias atividades externas. Eles estão tendo a oportunidade de serem contemplados com o que a cidade tem de arte este mês, bem como estão previstos acessos a espetáculos teatrais, espetáculos de dança, visitas a museus e planetário. A programação do projeto Circuito Verão Jovem foi iniciada no último dia 3 e segue até o dia 31 de janeiro nas unidades de João Pessoa e demais espaços de arte da cidade.

Nilton lembra que o objetivo central desse projeto é estimular a convivência pacífica dos jovens internos, bem como promover o bem estar e a saúde mental e física de cada um. Nesta ação executada pela Diretória Técnica da Fundac, por meio das coordenações de eixos, estão previstas atividades de esportes, artes e lazer.

O projeto está dividido nos módulos Curto-Circuito, Viagem ao Espaço, Papo Cabeça, Copa Verão de Futebol, Colorindo o Verão, Cine-Verão, Jogada de Mestre e Acorde (atividade musical).

 

Repórter PB

Destaques