A desistência de Cartaxo ao Governo, e a possibilidade do retorno da Vereadora Bruna ao Grupo de Tyrone

O ex-vereador, Dedé Veras foi rifado da Superintendência da CAGEPA em Sousa pelo Governador Ricardo Coutinho, após ver fotos de Veras com Luciano Cartaxo

O ex-vereador, Dedé Veras foi rifado da Superintendência da CAGEPA em Sousa pelo Governador Ricardo Coutinho, após ver fotos de Veras com Luciano Cartaxo em um Evento religioso no Município de Pombal no ano passado.

Todos sabem que Dedé Veras é cunhado de Luciano Cartaxo. O caldo azedou. Ficou para a vereadora Bruna Veras do bloco de sustentação ao governo Fábio Tyrone o fio de esperança de se manter no governo municipal até abril deste ano, quando teria a possibilidade real da desincompatibilização de Luciano da prefeitura de João Pessoa para concorrer ao Governo do Estado.

A Vereadora Bruna não votou no final do mês de dezembro passado no Projeto de Lei que reestruturava o DAESA encaminhado ao Legislativo pelo Governo Municipal. O resultado foi o prefeito Fábio Tyrone anunciar que Bruna não fazia mais parte do bloco de sustentação ao seu governo do Legislativo Sousense.

Agora, Cartaxo declina seu pré-candidatura do Governo do Estado. Em João Pessoa não se fala em outra coisa a não ser: “aproximação de Cartaxo com o Governo de Ricardo Coutinho”, esquecendo as velhas brigas políticas, fortaleceria, portanto, a pré-candidatura de João Azevedo ao Governo do Estado.

Em Sousa o que se significaria? O retorno de Dedé Veras a Superintendência da CAGEPA, e a Liderança do Governo Municipal na Câmara a Bruna Veras como forma de apagar as rusgas do passado, como diz o velho chavão: “para a frente é que se olha”.

A política meu amigo tem destas coisas.

Por Pereira Jr.

 

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques