Eles não se beijam mais

A graça do relacionamento está nos detalhes cultivados diariamente e de maneira recíproca

Essa semana estava na festividade da escola da minha filha,onde a coordenadora do evento solicitou aos casais presentes que dançassem, abraçasse, olhassem um para outro,mas ninguém dançou, ninguém abraçou e ninguém beijou.

Essa é uma realidade que encontramos nos restaurantes entre os casais. O casal sai para lanchar, jantar,mas não conversam entre si, não trocam olhares, não beija mais e enquanto o lanche ou o pedido não chega, o que eles fazem?
Pegam o celular.

Uma cena cada vez mais comum e lamentavelmente decepcionante.

E assim vai sepultando o relacionamento. Não é porque estão casados ou estão juntos a um certo tempo que o diálogo, aquela boa gargalhadas arrancada através de uma piada não deve existir mais.

A graça do relacionamento está nos detalhes cultivados diariamente e de maneira recíproca.

Não tem sexo melhor que regado com palavras, desnudando a alma com risos, arranco o desejo com olhar malicioso.

Mas, eles não beijam mais.

Claudia Carvalho

Terapeuta de casais

 

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques