açude

Aldeone pede punição pela irresponsabilidade da obra do Açude de São Gonçalo, e diz: “Sousa Sangra”

O Vereador Aldeone Abrantes (PTB) no Município de Sousa, usou sua rede social para criticar o atraso da obra do fechamento do dique

O Vereador Aldeone Abrantes (PTB) no Município de Sousa, usou sua rede social para criticar o atraso da obra do fechamento do dique do açude São Gonçalo, serviço que deveria já ter sido concluído, conforme o cronograma inicial.


A obra do açude deveria ter sido concluída em 16 meses, e a construção já se arrasta por 22 meses, conforme o MPPB. Foram complementados 43,8% dos serviços, sendo que só foram pagos, efetivamente, 24% do valor devido. O Dnocs informou que houve a liberação de R$ 2,6 milhões para a obra, pelo Governo Federal.


No entanto, o Vereador, Aldeone Abrantes que quando presidente da Câmara, fez uma caravana de parlamentares mirins para visitar in loco a obra, disse que com o aditivo, hoje a obra está custando R$ 25 milhões

- A Empresa responsável (PB Construtora) era para ter a obra concluída em outubro de 2018. Pois é, além de não concluir a obra, além de não ter cumprido um ajuste com o Ministério público que dizia que entregaria a obra em fevereiro (2019), conseguiu um jeito de maquiar sua irresponsabilidade, completou.


O parlamentar mirim sousense ainda continuou a revelar que o DNOCS, “está abrindo comportas pra esvaziar o açude que abastece Sousa, o Distrito de São Gonçalo, e os Núcleos Habitacionais, desperdiçando o líquido precioso de uma Cidade que sofre racionamento há mais de anos”.


Finalizando, Aldeone convoca os responsáveis pela Obra, tanto a Empresa, bem como o DNOCS para solução do problema, e acabar de vez com o desperdício de água diante de uma crise hídrica sem precedência que passa o sertão da Paraíba.

- Convoco aqui os responsáveis para solucionar o problema. Convoco a justiça para punir os culpados. Justiça Social. Sousa sangra, concluiu.

Repórter PB

Destaques