Demandas

Opera Paraíba: Maternidade Dr. Peregrino Filho realizou 20 cirurgias eletivas no final de semana

Das cirurgias realizadas, 11 foram laqueaduras, três perineoplastias, duas histerectomias, duas miomectomias e duas retiradas de ovário.

O Programa Opera Paraíba contemplou mulheres da 6ª Região de Saúde durante o último final de semana (11 e 12). A Maternidade Dr. Peregrino Filho, no município de Patos, realizou 20 cirurgias ginecológicas eletivas para suprir uma demanda que estava reprimida por conta da pandemia do novo coronavírus. Além destas, outras 20 intervenções já estão previstas para os dias 25 e 26 e setembro.

Das cirurgias realizadas, 11 foram laqueaduras, três perineoplastias, duas histerectomias, duas miomectomias e duas retiradas de ovário. Antes do agendamento, foi necessário realizar uma triagem com as usuárias da fila de espera, a fim de encaminhá-las com segurança para as intervenções. A diretora da maternidade, Railda de Almeida Gomes, relata que muitas pacientes se comoveram durante as avaliações pré-cirúrgicas: “Para quem anseia por uma cirurgia, mesmo que eletiva, o momento da concretização dessa meta é realmente emocionante”. 

As pacientes contempladas nesse ciclo são residentes dos municípios de Cacimba de Areia; Condado; Desterro; Mãe D’água; Malta; Passagem; Patos; Santa Luzia; São José do Bonfim e Várzea. Dona Ireci Vitalino, residente de Mãe D’água, estava há três anos na fila aguardando para ser submetida a uma perineoplastia. A agricultora de 50 anos expressava satisfação ao falar da cirurgia: “Eu vivia doente e agora vou para casa com saúde. O atendimento foi muito bom e só tenho gratidão por toda equipe”, declarou. 

O objetivo do programa Opera Paraíba é ampliar a oferta de acesso às cirurgias eletivas de forma complementar à estratégia do Ministério da Saúde (MS), reduzindo a fila de espera pelos procedimentos cirúrgicos eletivos e garantindo melhoria da qualidade de vida da população.

Repórter PB

Destaques