Atendimentos

Cardiologia do Hospital Metropolitano registra mais de 2.700 assistências

O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, localizado em Santa Rita, é a primeira unidade de saúde pública especializada em neurologia e cardiologia da Paraíba.

O setor de Cardiologia do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires prestou 2.732 assistências no período de janeiro a junho deste ano. A unidade de saúde realizou 193 cirurgias cardíacas de alta complexidade, com duração em torno de 2 horas a 8 horas cada, em adultos e crianças; outros 1.076 procedimentos de Hemodinâmica (cateterismo e angioplastia); e cerca de 1.500 atendimentos ambulatoriais foram prestados aos cardiopatas advindos dos mais de 200 municípios do estado da Paraíba.

De acordo com o diretor técnico e cardiologista Antônio Pedrosa, outros números relevantes podem ser observados no relatório emitido pelo Setor de Qualidade da instituição. “Realizamos aqui no hospital atendimentos de alta complexidade e também prestamos assistência àqueles pacientes que necessitam fazer algum exame. Vale destacar que neste primeiro semestre mais de 2.100 exames primordiais no diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares foram realizados na unidade, tais como: ecocardiograma, teste ergométrico e ultrassonografia com doppler” destacou.

Já a diretora-geral do complexo hospitalar, Roberta Abath, acrescentou que a unidade de saúde se consolidou como a principal referência no tratamento de doenças cardíacas do Estado, sempre prezando pela humanização. “Nosso perfil assistencial é tratar aqueles que chegam à nossa unidade com suas complexidades cardíacas, prezando pela humanização. Entendemos que a vida e a segurança do paciente dependem de nossas atuações, por isso agimos em prol de propiciar uma melhor assistência a todos”, concluiu.

Perfil – O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, localizado em Santa Rita, é a primeira unidade de saúde pública especializada em neurologia e cardiologia da Paraíba. Tem a capacidade de 226 leitos, sendo 60 de UTI, 11 salas de cirurgia e um moderno centro de diagnóstico por imagem. Os pacientes atendidos na instituição são regulados via Secretarias Municipais, em sintonia com o sistema de regulação do Estado.

Repórter PB

Destaques