Deputado

Wilson Filho vota contra proposta que restringe realização de concurso público

A medida aprovada permite que as convocações só poderão ser feitas para reposição de vagas nas áreas de educação, saúde, segurança pública, defesa e diplomacia;

O deputado federal Wilson Filho (PTB) votou contra o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2019 que restringe a realização de concurso público. Mesmo com o voto contrário, a restrição foi aprovada em plenário da Câmara dos Deputados. Com isso, as nomeações de novos servidores civis ou militares ficam restritas a algumas situações.

Para Wilson Filho, a medida é prejudicial para o bom andamento do País. “Agimos contra a injustiça presente no texto da LDO. A proibição da realização dos concursos públicos federais não faz bem aos órgãos dos Três Poderes, muito menos aos brasileiros que veem nestes concursos a única oportunidade de crescerem na vida. Serei sempre a favor da realização dos concursos”, destacou.

A medida aprovada permite que as convocações só poderão ser feitas para reposição de vagas nas áreas de educação, saúde, segurança pública, defesa e diplomacia; para as instituições federais de ensino recentemente criadas; para os concursos vencendo em 2019; para os cargos custeados pelo Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF); e para a Agência Nacional de Águas (ANA), que vai ganhar mais servidores com a edição da Medida Provisória 844/18.

Concursos – Mais de quarenta pedidos já foram protocolados junto ao Governo Federal visando realizar concursos em 2019. Muitos órgãos encontram uma grande vacância em alguns de seus principais cargos, e precisam de novos certames. Alguns dos principais são: Polícia Rodoviária Federal, Ministério do Trabalho, Ministério da Justiça, Ministério da Fazenda, Ibama, DNIT, entre outros.

Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques