DIA ESTADUAL

Paraíba tem 142.196 pessoas com deficiência visual severa e debate sobre Sistema Braille é importante para inclusão

Para o parlamentar, o número de pessoas que apresenta deficiência visual severa na Paraíba é significante e a Lei que institui o Dia Estadual do Sistema Braille se faz relevante para reforçar a importância da inclusão no estado.

De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem no Brasil mais de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual. Desse total, 582 mil são cegas e seis milhões com baixa visão. Na Paraíba, um total de 142.196 pessoas apresentou deficiência visual severa. Nesta quinta-feira (8), é celebrado o Dia Estadual do Sistema Braille, instituído por meio da Lei nº 11.013/2017, de autoria do deputado estadual Jutay Meneses (Republicanos).


Para o parlamentar, o número de pessoas que apresenta deficiência visual severa na Paraíba é significante e a Lei que institui o Dia Estadual do Sistema Braille se faz relevante para reforçar a importância da inclusão no estado. “A data tem a finalidade reforçar o debate sobre o assunto, promovendo buscando ações que possam promover a inclusão de modo mais efetivo. É preciso que restaurantes, livros, placas de orientação sejam também escritas em Braille, para que o deficiente visual tenha acesso ao conhecimento e à informação com independência, assim como qualquer outra pessoa em nossa sociedade”, pontuou Jutay.

O deputado ressalta que é consciente de que vivemos um período de pandemia, mas reforça que é preciso que o debate aconteça, seja em instituições públicas e privadas e de forma remota também, assim como está acontecendo com diversas atividades do cotidiano dos paraibanos. “É debater cidadania e inclusão na busca do cumprimento de direitos justos e igualitários para todos”, afirmou.

Braille – É um processo de escrita e leitura baseado em 64 símbolos em relevo, resultantes da combinação de até seis pontos dispostos em duas colunas de três pontos cada. Pode-se fazer representação tanto de letras, como algarismos e sinais de pontuação. Ele é utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão, sendo a leitura feita da esquerda para direita ao toque de uma ou duas mãos ao mesmo tempo.

Repórter PB

Destaques