assembleia

Após debate da LOA, Raniery Paulino espera que emendas apresentadas pelos deputados sejam pagas no novo governo

Na oportunidade, o parlamentar falou sobre a Frente Parlamentar Em Defesa Das Pessoas Com Autismo e solicitou um canal entre o legislativo e o executivo

Durante Audiência Pública na manhã desta terça-feira (13) para debater o Projeto de Lei Orçamentária Anual 2019, de autoria do Governo do Estado, o deputado estadual Raniery Paulino criticou o governo do Estado por não liberar as emendas, e mostrou-se preocupado com as que serão apresentadas para o próximo governo.

“Sabemos que o atual governador não cumpre nenhuma das emendas apresentadas pelos parlamentares, essa audiência é importante e sugiro ao secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Waldson Souza que apresente a nós parlamentares uma linha que poderíamos estabelecer para os pagamentos das emendas.” Disse Raniery.

Na oportunidade, o parlamentar falou sobre a Frente Parlamentar Em Defesa Das Pessoas Com Autismo e solicitou um canal entre o legislativo e o executivo.

“Sou um dos representantes da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos das Pessoas com Autismo que tem o objetivo de discutir, defender e apresentar propostas legislativas para pessoas com autismo e seus familiares, então, quero saber dentro da peça do orçamento onde podemos encaminhar emendas que sejam pagas para ajudar as diversas entidades que nos procura , inclusive as de crianças com autismo, pois sabemos que o poder executivo não garante esses repasses” disparou Raniery.

Raniery, ainda expôs uma preocupação com o aumento do número de pessoas autistas na Paraíba e voltou a defender uma clínica-escola voltada para as crianças com autismo. O deputado cobrou do secretário uma possível implantação de uma unidade na Capital ou em outra cidade do Estado.

Durante sua fala na tribuna da ALPB, Raniery levantou outro tema importante e voltou a defender o chamamento dos aprovados e suplentes do ultimo concurso da PMPB 2018 que aguardam serem convocados, por parte do Governo do Estado.

“Sabemos que existe o déficit na área da segurança. É importante frisar que os aprovados e suplentes aguardam esse chamamento há muito tempo, precisamos saber se irão ser convocados esse ano ou o próximo ano, mas se precisar de alguma emenda por parte da AL seria importante os 36 deputados se alinharem em beneficio da segurança pública da Paraíba” complementou.

Para concluir, o deputado voltou a cobrar sobre as correções dos subsídios da defensoria pública que já foi aprovado na CCJ e só falta a introdução do projeto na pauta.

Repórter PB

Destaques