investimentos

Energisa fez investimentos de quase um milhão de reais em projetos de Eficiência Energética em 2017

Exatos R$ 875.480 foram investidos pela Energisa, no ano passado, em projetos de eficiência energética aprovados na chamada pública

Exatos R$ 875.480 foram investidos pela Energisa, no ano passado, em projetos de eficiência energética aprovados na chamada pública promovida pela concessionária. Cinco projetos foram patrocinados pela distribuidora e o último deles foi concluído em fevereiro deste ano.

Entre os contemplados está o Centro de Convenções de João Pessoa, que teve o projeto finalizado em dezembro. Todas as lâmpadas da área dos pavilhões de feiras, exposições, congressos e convenções foram substituídas por outras mais eficientes. O investimento de quase R$ 329 mil deve reduzir o consumo mensal em 70% gerar uma economia de 167,38 MWh de energia por ano.

Outro espaço beneficiado pela Energisa foi o Unipê. No Centro Universitário foram investidos quase R$ 322 mil na substituição da iluminação e no condicionamento ambiental de um bloco da universidade. A estimativa é que haja uma economia de 319,21 MWh de energia por ano, correspondendo a 76% de redução em comparação com o consumo anterior. O impacto será sentido ainda em 2018, pois o projeto foi concluído em fevereiro deste ano.

A iniciativa de Eficiência Energética contemplou ainda o Centro de Atividades Especiais Helena Holanda que, além da substituição da iluminação, ganhou um projeto de geração de energia elétrica por meio de sistema fotovoltaico. Com as mudanças, que atingiram todos os ambientes internos, o Centro reduziu em 56% seus gastos mensais com energia desde janeiro. O investimento foi próximo de R$ 107 mil.

A eficiência no uso da energia chegou também para os moradores de um condomínio residencial que recebeu incentivo do projeto da Energisa. No Condomínio Bougainville, localizado no Altiplano, desde fevereiro há uma redução aproximada de 50% no consumo de energia das áreas comuns e de convivência. Toda a iluminação dos espaços foi trocada por lâmpadas mais eficientes, num investimento de quase R$ 117 mil, representando 33,64 MWh de economia de energia por ano.

Como funciona a chamada pública

A chamada pública do Programa de Eficiência Energética da Energisa atende à Lei 9.991/2000, Lei Nº 13.203 de 08 de dezembro de 2015, e Lei Nº 13.280 de 03 de maio de 2016, que destina 0,4 % da Receita Operacional Líquida da empresa a projetos que tenham a redução no consumo de energia como uso final, de acordo com resolução da Aneel.

Assim, a Energisa abre chamadas públicas periódicas para receber propostas de projetos de eficiência energética dos seus clientes e da sociedade de modo geral. Podem concorrer unidades consumidoras atendidas na área de concessão da distribuidora que atendam aos critérios do edital.

 

Repórter PB

Destaques