campeão

Flamengo levanta o 35º Título após vencer o Vasco de novo no Maracanã

A torcida rubro-negra festejou neste Domingo de Páscoa mais um título carioca, o 35º da história do Flamengo, com nova vitória por 2 a 0

A torcida rubro-negra festejou neste Domingo de Páscoa mais um título carioca, o 35º da história do Flamengo, com nova vitória por 2 a 0 sobre o Vasco, gols de Wilian Arão e Vitinho, no segundo jogo da decisão do campeonato, no Maracanã. O time comandado por Abel Braga, que havia vencido a primeira partida das finais também por 2 a 0, no Engenhão, poderia perder até 1 a 0 para erguer o troféu.

Autor dos dois gols no jogo de ida, Bruno Henrique, suspenso, desfalcou o Rubro-Negro e mesmo assim terminou como artilheiro do Carioca, com oito gols. No Vasco, o técnico Alberto Valentim contou com a volta do goleiro Fernando Miguel e do zagueiro Leandro Castan, recuperados de lesão.

Nos primeiros minutos, Marrony assustou com um chute passando perto do travessão de Diego Alves e Renê respondeu em seguida arriscando de longe. Mas o Flamengo não demorou a aumentar a vantagem na decisão do Carioca. O Rubro-Negro abriu o placar aos 16 minutos: na cobrança de falta, Pará rolou a bola para Arrascaeta, que levantou na área para Willian Arão completar de cabeça. Antes da falta que originou o gol, Gabigol recebeu a bola em impedimento, mas o assistente não marcou.

Assim, o Vasco precisaria marcar três gols para levar o decisão para os pênaltis. O Flamengo seguiu chegando com perigo: após avançar em velocidade pela esquerda, Gabigol chutou para defesa parcial de Fernando Miguel. Logo em seguida, o camisa 9 cruzou rasteiro para Diego finalizar e o goleiro vascaíno apareceu novamente para fazer a defesa.

O Vasco teve chances de empatar a partida ainda no primeiro tempo. Primeiro, com Pikachu, que bateu de longe, mas Renê tirou na pequena área, salvando o Flamengo. A melhor oportunidade do Cruzmaltino veio aos 34, quando Lucas Mineiro recebeu de Lucas Santos, mas chutou mal.

Para o segundo tempo, Alberto Valentim trocou Lucas Santos por Maxi López. O Flamengo chegou a festejar o segundo gol, com Gabigol, aos 14, após receber de Arrascaeta. Mas, após análise do VAR, o gol foi anulado por impedimento.

Valentim não demorou para mexer de novo no time cruzmaltino, colocando Bruno César no lugar de Cáceres. E foi a vez de Diego Alves evitar o gol de empate do Vasco ao fazer bela defesa após Maxi López desviar um cruzamento da esquerda de Bruno César.

Com a grande vantagem na decisão, a torcida rubro-negra já começava a comemorar e gritar "olé" durante a troca de passes do time aos 26 minutos do segundo tempo. Para aumentar a festa do Flamenego no Maracanã, Vitinho, que havia acabado de entrar no lugar de Arrascaeta, recebeu de Diego e ampliou para 2 a 0, aos 38 minutos.

JOGOS NA QUARTA-FEIRA

Flamengo e Vasco jogam na quarta-feira, antes da estreia no Brasileirão. O Rubro-Negro enfrenta a LDU, em Quito, pela Libertadores, enquanto o Cruzmaltino encara o Santos, no jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, em São Januário. A estreia do Flamengo no Brasileiro será no sábado, contra o Cruzeiro, no Maracanã. Já o Vasco enfrenta o Athletico-PR, no domingo, na Arena da Baixada. ODIA

Repórter PB

Destaques