Duro Recado

Cássio, do Corinthians, critica agente de Pedrinho: "Vejo muitos empresários sendo negativos"

Goleiro diz que meia tem que se focar em ajudar o Timão e reprova postura de Will Dantas

O goleiro Cássio, capitão do Corinthians, criticou a postura de Will Dantas, empresário do meia Pedrinho. Após a derrota do Timão na final da Copa do Brasil, o agente fez um desabafo nas redes sociais e indicou o fim do ciclo do jovem no clube. Depois, ele recuou, mas reforçou que Pedrinho "interessa a muitos clubes da Europa".

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, Cássio disse ver "muitos empresários sendo negativos para o jogador" e falou que Pedrinho precisa se concentrar em ajudar o Corinthians neste momento difícil.

– Acho que primeiro que as coisas se resolvem aqui, não falando fora. Esse tipo de situação. Vejo muitos empresários sendo negativos para o jogador. Nesse quesito, sou suspeito de falar, sou muito bem assessorado pelo meu empresário. Muitas vezes meu empresário veio e me deu uma dura ou tentou me aconselhar. Neste momento, o Pedrinho tem que focar em trabalhar, em se dedicar dentro de campo, e o empresário em assessorar ele. Amanhã ou depois se chegar uma proposta e ele quiser ir embora se não tiver feliz, faz parte – declarou o goleiro, que é agenciado por Carlos Leite.

A diretoria do Corinthians evitou rebater as declarações de Pedrinho. Dirigentes ficaram irritados com a postura de Will Dantas, mas entenderam que criticá-lo publicamente só geraria mais polêmica e atrapalharia a equipe, que luta contra o rebaixamento do Brasileirão.

Cássio, por sua vez, mostrou sinceridade ao falar sobre o caso e saiu em defesa de Pedrinho:

– Temos um presidente que nunca segurou jogador e diz que quem não estiver contente pode seguir. Não tem o que falar do Pedrinho, é um menino bom, tem um grande futuro. Mas esse tipo de situações do empresário falar... Aqui no clube somos muito francos. Tudo o que tem que ser falado, é falado aqui dentro. Não vi o Pedrinho se manifestar, só o empresário. É difícil botar o menino no meio também. Complicado falar, não cabe a mim julgar o certo ou errado – declarou o goleiro, antes de completar:

– O empresário, em se tratando de um menino novo, deveria dar o suporte que o atleta precisa neste momento.

O Corinthians é o 11º colocado do Brasileirão e está a quatro pontos do Ceará, o primeiro dentro da zona de rebaixamento (com um jogo a menos). O próximo jogo do Timão é no domingo, contra o Vitória, no Barradão.

Com o Globo Esporte.

Repórter PB

Destaques