Habilidade

Alunos da Escola SESI da Paraíba são premiados na Olimpíada Brasileira de Robótica

Na robótica os professores da Escola SESI trabalham as habilidades pessoais dos alunos, facilitando o aprendizado e estimulando-os a participar de competições.

Nos últimos anos, o SESI tem investido continuamente na Robótica Educacional como uma metodologia diferenciada, onde os alunos buscam em sala de aula soluções para problemáticas do cotidiano social. Na robótica os professores da Escola SESI trabalham as habilidades pessoais dos alunos, facilitando o aprendizado e estimulando-os a participar de competições.

Esse incentivo tem gerado resultados promissores. Em 2020, projetos das Escolas SESI da Paraíba representaram o estado nacionalmente e conquistaram as quatro primeiras colocações da etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica, que aconteceu virtualmente.

“Um dos diferenciais pedagógicos das escolas SESI Paraíba é a aprendizagem significativa. Dentro da metodologia STEAM, que integra diferentes áreas do conhecimento, os alunos resolvem problemas reais de forma coletiva e colaborativa sendo preparados para os desafios do futuro. É assim que nossos alunos aprendem na robótica”, explicou Marta Soraya, supervisora da escola.

No último dia 22 de janeiro, três alunos da Escola SESI José de Paiva Gadelha, da cidade de Sousa, participaram da 2ª fase da modalidade teórica da Olímpiada Brasileira de Robótica, e dois foram premiados. Ygor de Almeida obteve 83 pontos na prova online, e conquistou medalha de ouro. Já Francisco Antônio, fez 67 pontos, e ficou com a medalha de bronze.

“Para nossa escola é uma alegria imensurável ter alunos premiados numa das maiores Olimpíadas de Robótica da América Latina. Apesar de todos os desafios vivenciados em 2020 essa premiação mostra o nosso compromisso com uma educação tecnológica de qualidade”, afirmou a supervisora.

O melhor aluno de cada estado, neste nível, receberá como premiação uma vaga para o minicurso de robótica a ser realizado durante o evento da Etapa Nacional da Modalidade Prática. Os alunos também poderão utilizar a premiação para concorrer às vagas olímpicas em universidades do Brasil.

 

Repórter PB

Destaques