Titãs vão estrear ópera rock sobre violência contra mulher

Marcelo Rubens Paiva e os titãs Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto colaboraram com o argumento de "Doze flores amarelas", escrita por Hugo Possolo

"Doze flores amarelas" é o nome do novo espetáculo dos roqueiros do Titãs, uma espécie de ópera rock que vai levar ao palco o tema da violência sexual contra a mulher. O título nasceu de uma música composta por Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto, ao lado de Beto Lee, justamente para a trilha sonora do novo projeto, que deve estrear em abril.

O roteiro do espetáculo, de natureza teatral, vai ser assinado pelo dramaturgo Hugo Possolo, como adianta Mauro Ferreira em sua coluna no G1. O texto vai abordar um caso de abuso sexual sofrida por três estudantes universitárias. As três Marias, como são tratadas na trama, foram abusadas por um grupo de cinco homens, após chegarem a um evento através das indicações de um aplicativo. E a ópera rock vai se desenrolar na saga dessas mulheres em busca de vingança contra os seus abusadores.

O escritor Marcelo Rubens Paiva e os titãs Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto colaboraram com o argumento, a partir do qual Possolo desenvolveu o enredo de "Doze flores amarelas". Os três músicos, remanescentes da formação clássica da banda, também são responsáveis pela direção artística da obra. A trilha sonora vai virar disco inédito, já registrado e ainda sem previsão de lançamento. Com Notícias Ao Minuto

 

Repórter PB
Repórter PB

Comentários

Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Repórter PB , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Destaques