Você está aqui:
Derval expõe fragilidade da Administração, e apresenta-se como opção para 2020 em Marizópolis

A queda de braço travada entre os Vereadores da base aliada do prefeito Zé de Pedrinho contra o presidente da Câmara de Vereadores de Marizópolis

A queda de braço travada entre os Vereadores da base aliada do prefeito Zé de Pedrinho contra o presidente da Câmara de Vereadores de Marizópolis não foi nada proveitoso para a Gestão atual.

Primeiro revelou a falta de habilidade politica do prefeito Zé de Pedrinho para com os problemas internos. Expos ao público que a velha e arcaica politica continuam reinando no Município, e deixou entendido tudo que Zé de Pedrinho pregou de renovação na campanha passada, ficou apenas no discurso. Nada de novo.

Trouxe também a memória dos marizopolenses que o ex-prefeito Zé Vieira permanece dando as cartas, e habilidoso, ao ponto de mostrar as vísceras do governo Zé de Pedrinho em menos de 100 dias, cujas cisões serão difíceis de serem curadas, cicatrizadas com tamanhos arranhões, trocas de desaforos, entre os próprios aliados da base governista.

Nesta guerra toda, ninguém pode deixar de ver a força do Vereador Derval, indo contra a máquina administrativa que torcia pelo Vereador Carlos José. Isso ficara evidenciada em algumas atitudes da Gestão.

Como dizia o “Chaves”, sem querer, ou querendo, Zé de Pedrinho formou outro líder maior na politica de Marizópolis. Os observadores políticos da Região já veem musculatura em Derval para caso, queira um nome para candidato a prefeito em 2020, o filho do ex-vereador sousense, Abdias Olímpio estará à disposição, e para tanto conta com cinco amigos no legislativo.

O próximo passo do Vereador, agora, presidente de fato Derval Olímpio deva vir a público, comunicar a população marizopolense sua saída oficialmente do Grupo do Prefeito Zé de Pedrinho que ficará então com 4 vereadores na base. Sem dúvida o maior perdedor desta guerra travada entre aliados foi o prefeito, Zé de Pedrinho que deverá, acredito rever muitos conceitos, para que em um longo tempo, reagrupar, e ganhar a confiança de alguns que ainda continuam no governo, ou começando por demitir seus conselheiros que então levou neste momento o governo a uma fragorosa derrota e vergonha pública.

Pereira Jr
Articulista Politico


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.