Você está aqui:
Poderei retornar a Brasília com a cruz de latas

Além da sede, muitos agricultores deixaram de plantar, pois já não têm mais esperança de colher os alimentos básicos para sua sobrevivência: arroz, milho e feijão, devido que as chuvas são escassas, pois, quase não há mais inverno

A tão sonhada, desejada, terceira entrada d’água pelo rio Piancó, na região do Vale do Piancó, sertão paraibano, ainda não saiu do papel. As promessas dos nossos representantes federais não se concretizaram, já que é uma obra federal.

Enquanto as águas do Velho Chico não chegam a esta região, duramente castigada por longas estiagens, o povo e os animais vão padecendo de sede. Afinal, o clamor por água é grande, até porque os reservatórios tomaram pouca água.

Além da sede, muitos agricultores deixaram de plantar, pois já não têm mais esperança de colher os alimentos básicos para sua sobrevivência: arroz, milho e feijão, devido que as chuvas são escassas, pois, quase não há mais inverno.

A nossa redenção estará nas águas do rio São Francisco, se um dia vierem através do rio Piancó, o que seria uma terceira entrada.
Se daqui para outubro não iniciarem a execução desse projeto de terceira entrada d’água, poderei acampar-me, com A CRUZ DE LATAS, em frente ao palácio do planalto, em Brasília.

São mais de cem mil pessoas clamando pungentemente pelas benditas águas.

Padre Djacy Brasileiro,em 04 de agosto de 2017.
E-mail: [email protected]


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.