Você está aqui:
Metabolismo só precisa de 5 dias para desregular, diz estudo

A semana entre o Natal e o Ano Novo é o suficiente para desregular seu corpo

Na hora de iniciar uma dieta, não há como escapar à regulação do metabolismo, que nada mais é do que o conjunto de transformações através das quais se faz a assimilação e a desassimilação de substâncias necessárias à produção de energia nos seres vivos.

Essas mesmas transformações variam de pessoa para pessoa, uma vez que cada um de nós tem o seu próprio metabolismo biológico, mas estão suscetíveis à "ação" humana, uma vez que são vários os gestos diários e hábitos que podem torná-las mais rápidas ou mais lentas.

A prova disso é o fato de o metabolismo precisar de apenas cinco dias de má alimentação para ter seu funcionamento comprometido, revela o site Buena Vida do jornal espanhol El País. A conclusão é de um estudo da Virginia Tech College of Agriculture and Life Sciences, que destaca ainda que basta aumentar o consumo de gordura ao longo de cinco dias - mesmo que o valor calórico seja idêntico ao da dieta habitual e que não inclui esse reforço de gordura - para que o ganho de peso comece a aparecer.

Segundo um dos mentores do estudo, o professor Matt Hulver, as pessoas tendem a exagerar no consumo de determinados alimentos calóricos, "como acontece nos feriados ou em algumas épocas festivas", acreditando sempre que esse exagero pontual "não causará nenhum problema", mas isso não é verdade, pois "este estudo revela que uma dieta rica em gordura pode alterar o metabolismo normal de uma pessoa num curto espaço de tempo", alerta, citado pelo El País.

Uma vez que não há dois metabolismos iguais e que cada pessoa tem a sua própria forma biológica de responder aos alimentos e a todos os fatores que possam interferir com a sua saúde, o impacto de uma semana de exageros pode não ser idêntico em todos os casos. No estudom alguns dos participantes não chegaram a apresentar aumento de peso, embora todos tenham ficado com o metabolismo lento.

Contudo, quando estes exageros acontecem a longo prazo, a história passa a ser outra. De acordo com o médico Rubén Bravo, as alterações "não ocorrem em dias, mas em meses".


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.