Você está aqui:
Em nota, produtora pede “compreensão” com Daniela Araújo e seu silêncio sobre o escândalo

O comunicado reitera que, por enquanto, a cantora não irá se posicionar publicamente sobre o escândalo

A primeira manifestação em caráter oficial da produtora que auxilia Daniela Araújo em sua carreira aconteceu na última quinta-feira, 10 de agosto, através de uma curta nota publicada na página da empresa no Facebook.

O comunicado reitera que, por enquanto, a cantora não irá se posicionar publicamente sobre o escândalo em que seu nome foi envolvido e que agora ela está recebendo conforto e apoio da família.

“Mediante os últimos acontecimentos envolvendo a cantora Daniela Araújo, vimos informar que a mesma encontra-se com sua família e, no momento certo, ela virá a público esclarecer a todos sobre o ocorrido. Por enquanto, pedimos compreensão e agradecemos a todos pelas palavras de apoio. Deus os abençoe”, diz a nota da Fonte Produções & Management.

Apoio

Em meio às discussões nas redes sociais, milhares de fãs da cantora manifestaram palavras de apoio e a encorajaram a conseguir ajuda especializada para vencer a dependência química.

A psicóloga Marisa Lobo usou suas redes sociais para pontuar que é chocante “ver uma levita […] cantando no altar, ser protagonista de um escândalo social e espiritual dessa magnitude”, mas ponderou que o apóstolo Paulo já alertava que “somos fracos e vendidos ao pecado para ser seu escravo ( Romanos 7:14)”.

“Quem não luta todos os dias para se manter de pé? Se alguém diz não tenho pecado é pecador dobrado”, observou Marisa Lobo. “Peço aos meus irmaos cristãos que são salvos pela graça, pelo favor imerecido, que olhem para a cantora e nossa irmã em Cristo Daniela Araújo pelas lentes de Cristo, empreste os olhos do nosso senhor Jesus e a veja com compaixão”, acrescentou.

“Muitos a olham apenas com olhar do ‘inimigo’, que veio para matar, roubar e destruir. Fiquei em silêncio até agora, pois alguém com influência pode se manifestar e apoiar o erro ou ser conivente com ele, ou pior ainda, destruir uma mulher vítima”, pontuou.

As circunstâncias que levaram Daniela Araújo às drogas podem ser várias, na visão da psicóloga: “Acredito que essa moça, tão linda, tão especial, com tanto talento é vítima de várias formas: de um casamento falido; da falta de discipulado; de desajustes familiares; de si mesma; e principalmente da cobrança do mundo gospel. Vício das drogas? É apenas o sintoma, é apenas um grito de socorro”.

“Não a conheço pessoalmente, mas já a amo e estendo a minha mão e declaro para honra e glória do Senhor que essa levita será curada e liberta de todas as suas angústias e vícios. Oro por ela e por todos aqueles que vivem esse drama”, afirmou.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.