Você está aqui:
Discussão por ciúmes leva pastor a matar a esposa estrangulada; Polícia o considera foragido

José Lasmar de Andrade Almeida, 36 anos, contou aos investigadores que matou Rocicleide Araújo da Silva, 34 anos

Um pastor está sendo procurado após confessar assassinar a esposa com um golpe de “mata leão” em uma discussão motivada por ciúmes. Ele aguardava o julgamento em liberdade por não ter sido preso em flagrante.

José Lasmar de Andrade Almeida, 36 anos, contou aos investigadores que matou Rocicleide Araújo da Silva, 34 anos. A vítima era professora do Ensino Primário na cidade de Iranduba (AM) e seu corpo foi encontrado à margem da rodovia estadual Manoel Urbano, conhecida como AM-070.

“Pastor Lasmar”, como é conhecido o foragido, foi candidato a vereador em Careiro (AM) e se tornou uma figura popular na cidade. O desentendimento que resultou em assassinato começou porque Rocicleide teria tentado pegar o celular do marido, e ele, irritado, a estrangulou.

Em depoimento à Polícia, Lasmar contou que deixou a esposa inconsciente, e só depois de alguns minutos se deu conta de que ela estava morta. Sem saber o que fazer, levou o corpo à margem da rodovia e o abandonou no local, amarrado a uma árvore.

Após a Justiça expedir o mandado de prisão, Lasmar não foi mais visto, e agora, é procurado pelo assassinato da esposa. A Polícia do Amazonas pediu ajuda aos veículos de imprensa para divulgar a foto do assassino confesso, de forma a ajudar em sua localização.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.