Você está aqui:
OPERAÇÃO MORDAÇA: Juiz revoga preventiva dos envolvidos em Sousa

Na manhã desta quinta-feira (07), o Juiz da 1ª Vara da Comarca de Sousa, Dr. José Normando Fernandes, revogou a prisão preventiva dos envolvidos da “Operação Mordaça”, ocorrida no dia 29 de novembro

Na manhã desta quinta-feira (07), o Juiz da 1ª Vara da Comarca de Sousa, Dr. José Normando Fernandes, revogou a prisão preventiva dos envolvidos da “Operação Mordaça”, ocorrida no dia 29 de novembro.

Foram presos, acusados de envolvimento na tentativa de homicídio contra o funcionário público municipal, Gervásio Bernardo, sete pessoas.

LEIA MAIS - “Operação Mordaça”: Polícia cumpre mandado de prisão em casa da secretária de saúde de Sousa, apreende arma, prende o esposo, um irmão, e cinco ciganos

Por determinação do Magistrado, Dr. José Normando Fernandes, foram liberados: Francisco Vital (Nestor Cigano), Cícero Romão (Cigano), Pedro Alves Cabral (Dão Cigano), Pedro Bernardo Cabral (Reizinho, filho de Dão Cigano), Rommel Dantas, Marllon Silveira.
Apenas a prisão preventiva de Cícero Cristiano (Cigano) pelo fato de haver um mandado de prisão do Pernambuco.

A Operação Mordaça contou com a Participação da Polícia Civil, e Militar, sobre a coordenação do Delegado Sylvio Rabello.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.