Você está aqui:
Mulher apresenta documento falso ao fazer visita íntima em presídio e termina presa na Paraíba

A mulher falsificou a documentação por possuir antecedentes criminais e não querer ser identificada durante as visitas íntimas

Uma mulher foi presa na tarde dessa terça-feira (19), ao tentar fazer uma visita íntima com uma carteira de identidade adulterada. O crime aconteceu no Presídio Sílvio Porto, em Mangabeira.

De acordo com o Delegado Lucas Sá, Benigna Maria da Silva, de 31 anos, estava usando uma Carteira de Identidade em nome de Dalvane Moreira Pessoa, para visitar um apenado que cumpre pena por tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

De acordo com a polícia, a mulher falsificou a documentação por possuir antecedentes criminais e não querer ser identificada durante as visitas íntimas.

A acusada foi presa em flagrante e encaminhada a Central de Flagrantes da Policia Civil, no bairro do Geisel, onde foi autuada pelos crimes de Falsidade ideológica e Falsificação de documento Público. A mulher será apresentada à audiência de Custódia nesta quarta-feira.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.