Você está aqui:
Quatro cheques da gestão anterior causam rombo de R$ 18,8 mil a Câmara em Marizópolis; Ouça

O Procurador da Câmara de Vereadores do Município de Marizópolis, Dr. Francisco procurou da Delegacia de Sousa nesta quinta-feira

O Procurador da Câmara de Vereadores do Município de Marizópolis, Dr. Francisco procurou da Delegacia de Sousa nesta quinta-feira (01) para prestar queixa de um “rombo” de R$ 18,8 mil ocorrido pela compensação de quatro cheques nas contas do Legislativo ainda do ex-presidente, Raniel Roberto dos Santos.


De acordo com o Procurador, no dia 02 de janeiro, o atual presidente, Derval Olímpio foi ao Banco do Brasil confeccionar os novos cartões de autógrafos. “A partir de então todos os cheques que fossem compensados deveriam apenas ser pela assinatura do presidente Derval. “Ele até questionou a uma das funcionárias do Banco no momento que estava fazendo o cadastro, se os cheques anteriores da gestão passada poderiam dar contra ordem. A funcionária diz que não, por quer já estariam automaticamente cancelados”, disse Dr. Francisco.

Para a surpresa do presidente Derval, o Banco informou compensações de quatros cheques da gestão do ex-presidente, Raniel Roberto no valor total de R$ 18,8 mil o que ocasionara o “rombo” nas contas do legislativo.

A informação do Procurador que o Banco foi questionado a respeito do “rombo”. “Em primeiro momento o gerente disse que iria devolver o valor. Depois disse que fez uma reunião interna, e os advogados do banco, relatou que a Câmara apresentasse o caso formalmente com documentos, mas até o presente, não há comunicação a respeito do assunto”, disse o Advogado.

Uma queixa crime foi também formulada na Delegacia de Sousa para as investigações necessárias a respeito da compensação dos cheques, datados dos dias 22,23, 24 de dezembro de 2016, e 10 de janeiro de 2017.

Outro fato abordado pelo Procurador Dr. Francisco Abrantes que os cheques compensados apresentavam apenas as assinaturas do ex-presidente, Raniel Roberto, e não continua assinatura da ex-tesoureira.

A Câmara de Vereadores de Marizópolis aguarda posicionamento oficial do Banco para as medidas necessárias, ou o estorvo.

O procurador, Dr. Francisco Abrantes prestou entrevista esclarecendo o fato ao Radialista, Leonardo Alves do Cidade Noticias.

Até o fechamento desta matéria a reportagem não teve contato direto com o ex-presidente, Raniel Roberto para ouvir sua versão.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.