Você está aqui:
Indicado para chefiar FBI diz que sua lealdade pertence à Constituição

Christian Wray, que trabalhou dois anos no Departamento de Justiça durante a presidência de George W. Bush, foi indicado por Trump para substituir a James Comey

O indicado para ser o próximo diretor do Federal Bureau of Investigation (FBI), a polícia federal americana, Christian Wray, afirmou hoje (12), durante sua primeira audiência no Senado para confirmação no cargo, seu compromisso com a independência da instituição e que sua lealdade “pertence à Constituição”. A informação é da agência Télam.

A sabatina de Wray aconteceu um dia depois que o filho mais velho do presidente Trump admitiu que há um ano se reuniu com uma advogada russa que lhe deu uma informação proveniente do  governo russo para prejudicar a candidatura de Hillary Clinton nas últimas eleições presidenciais nos Estados Unidos.

Christian Wray, que trabalhou dois anos no Departamento de Justiça durante a presidência de George W. Bush, foi indicado por Trump para substituir a James Comey, o ex-diretor do FBI que foi demitido de seu cargo em maio passado, no meio de uma investigação sobre um provável acordo entre a equipe de campanha do mandatário republicano e funcionários russos para prejudicar a candidata do Partido Democrata, Hillary Clinton.


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.