Você está aqui:
Janduhy Carneiro lamenta declarações da deputada Estela Bezerra e pede valorização da Policia

O deputado estadual Janduhy Carneiro (Podemos) lamentou nesta quarta-feira (6) a declaração da deputada Estela Bezerra (PSB)

O deputado estadual Janduhy Carneiro (Podemos) lamentou nesta quarta-feira (6) a declaração da deputada Estela Bezerra (PSB) ao afirmar que a comunidade fica ‘acuada’ com a presença da polícia. Da tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o parlamentar voltou a afirmar que o aumento da criminalidade se deve ao fato do abaixo efetivo nas ruas.

Para o deputado, a população não está com medo da polícia, mas quem deve ficar amedrontada são os transgressores das leis, ou seja, os bandidos, que, segundo o político, vem aumentando assustadoramente.

“Quem deve ficar acuados são os meliantes, que roubam, assaltam e praticam homicídios. Infelizmente, a bandidagem aumenta e a polícia encolhe. Nós deveríamos ter um efetivo de mais de 17 mil policiais nas ruas, entretanto, temos pouco mais de 9 mil, porém, desse número, tem os policiais que estão de férias, trabalham internamente, nas companhias, em presídios em outros setores. Então a população não tem medo da polícia da Paraíba, porque eles são um exemplo de dignidade e seriedade. Os policiais são os verdadeiros heróis que trabalham dando além daquilo que pode fazer pela população”, disse o deputado comentou que a categoria não ficará com mágoas e rancor da deputada.

O parlamentar denunciou ainda que os policiais não são valorizados pelo governo do estado e, por isso, trabalham desmotivados. “Em face de um contingente defasado, os policiais se esforçam para dar conta de uma carga de trabalho. A tristeza da população paraibana é ver uma polícia mal paga, uma tropa trabalhando desmotivada. O que preocupa é o aumento assustador da violência. A pessoa de bem não tem a polícia, mas parabeniza o trabalho dos policiais, que vão para ruas e não sabem se voltam”, falou o deputado Janduhy Carneiro.

 


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.