Você está aqui:
Qual é a origem do Dia dos Pais e por que é comemorado em agosto

Os pais são homenageados nesse dia especial, que apareceu de diferentes maneiras em cada época e região do mundo

Os pais são homenageados nesse dia especial, que apareceu de diferentes maneiras em cada época e região do mundo.

Aqui no Brasil, o Dia dos Pais é comemorado no segundo domingo de agosto e, neste ano, a celebração acontecerá no próximo dia 13. Mas nem sempre funcionou assim.

A origem do Dia dos Pais

Uma das versões sobre o surgimento da data conta que a responsável pela criação do Dia dos Pais seria Sonora Louise Smart Dodd. Em 1909, enquanto assistia a uma comemoração de Dia das Mães, ela teria tido a ideia de homenagear o seu pai, William Jackson Smart, um veterano da Guerra Civil Americana.

Sonora o admirava muito por ele ter criado sozinho ela e seus cinco irmãos após a morte de sua mãe. Então, ela teria solicitado à Associação Ministerial de Spokane, no estado de Washington, que fosse estabelecido um dia para que os pais fossem homenageados. Além disso, também teria pedido auxílio a uma Entidade de Jovens Cristãos, que logo a apoiou.

Assim, em 19 de junho de 1910, data do aniversário de William, teria rolado o primeiro Dia dos Pais da América. O símbolo do evento teria sido a rosa: as vermelhas seriam dedicadas aos pais vivos e as brancas, aos mortos.

A prática teria se espalhado pelos Estados Unidos e só foi oficializada em 1966, quando o presidente Lyndon Johnson declarou o terceiro domingo de junho como a data perfeita para a comemoração. No entanto, há fontes que afirmam que o Dia dos Pais foi mesmo legitimado por lá apenas em 1972, pelo presidente Richard Nixon.

Ainda hoje, os Estados Unidos e muitos outros países continuam festejando a data no terceiro domingo de junho.

Mas a história vai além

Mesmo que a festa nos moldes em que conhecemos seja relativamente recente, há quem diga que o Dia dos Pais nasceu beeeem antes disso, há mais de quatro mil anos.

Elmesu, filho do rei Nabucodonosor, teria moldado o primeiro “cartão do Dia dos Pais” ainda na antiga Babilônia.

Como presente, ele teria feito uma placa em argila em que desejava sorte, saúde e vida longa ao paizão. Então, aquela ocasião teria dado origem a um dia de festa.

Como a data surgiu no Brasil

Apesar de a data ser muito conhecida hoje em dia, ela só aconteceu por aqui em 16 de agosto 1953. O “Dia do Papai” foi pensado pelo publicitário Sylvio Bhering, que era diretor do jornal O Globo e da rádio homônima, e queria atrair anunciantes.

Como a população brasileira era predominantemente católica, a ideia inicial foi associar a data ao dia de São Joaquim, que, na tradição católica, é pai de Maria e avô de Jesus. Então, o dia 16 de agosto ficou marcado como o Dia dos Pais para os brasileiros.

Ah, vale lembrar que, até então, essa era a data em que era festejado o dia do santo. Foi apenas durante o papado de Paulo VI (entre 1963 e 1978), que 26 de julho passou a ser o dia de São Joaquim e de Sant’Ana, quando é comemorado o Dia dos Avós.

Depois de algum tempo, foi decidido que o Dia dos Pais deveria ser celebrado no segundo domingo de agosto. E é assim que funciona até hoje!

Existe a hipótese de que a mudança aconteceu em analogia ao Dia das Mães, que também acontece no segundo domingo do mês. Porém, há quem diga que rolou para que a data sempre caísse aos domingos, o que permite que a família fique mais tempo reunida nesse momento especial.

mulher.abril


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.