Você está aqui:
Sem conseguir levar Holanda à Copa, Robben se aposenta da seleção

A notícia foi publicada pelo site oficial da Federação Holandesa de Futebol (KNVB)

Arjen Robben não joga mais pela seleção holandesa. Após a vitória por 2 a 0 sobrea a Suécia nesta terça-feira, em Amsterdã, o atacante do Bayern de Munique revelou sua aposentadoria da equipe nacional, pela qual disputou nada mais, nada menos que três Copas do Mundo (2006, na Alemanha, 2010, na África do Sul, e em 2014, no Brasil).

A notícia foi publicada pelo site oficial da Federação Holandesa de Futebol (KNVB). No comunicado, Robben é exaltado pelos feitos que obteve atuando com a camisa laranja e também foi lembrado por alguns episódios tão amargos quanto o fato de a Holanda ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia.

“Dói, claro que dói. Mas isso também faz parte do esporte”, disse Robben ao ser questionado sobre a Holanda ficar de fora da Copa do Mundo após terminar o último Mundial em terceiro lugar. “Quero focar na minha carreira no clube agora. É uma boa oportunidade para passar a tocha à próxima geração”.

Com a camisa da Holanda Robben marcou 37 gols em 96 partidas. Poderia ser 38 caso o atacante não tivesse desperdiçado a grande oportunidade que teve em plena final da Copa de 2010, na África do Sul, em que ficou frente a frente com Iker Casillas quando o placar ainda marcava 0 a 0 e acabou batendo em cima do goleiro espanhol. Posteriormente, na prorrogação, Iniesta fez o gol do título inédito da Fúria.

O ciclo da seleção holandesa após a Copa do Mundo de 2014 não foi nada positivo. Depois de se despedir do Brasil com o terceiro lugar, batendo os donos da casa por 3 a 0, a Holanda também não se classificou para a Eurocopa da França, realizada em 2016. Agora, o país terá de iniciar uma grande renovação em seu futebol para voltar a fazer jus ao status que um dia ostentou.

 


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Repórter PB, não reflete a opinião deste Portal.